top of page
Look_ThiagoStrozak_Pose3 (1).png

COLEÇÃO MENINOS AZUIS

Look_ThiagoStrozak_Pose3 (1).png
Look_ThiagoStrozak_Pose3 (1).png
  • Behance
  • LinkedIn
  • Instagram

Meninos Azuis

por Igor Ribeiro

Uma dissertação sobre amor e autoestima.

A coleção MENINOS AZUIS atravessa momentos de dor, conhecimento e alívio da experiência de autognose do autor e criador da coleção.
Meninos Azuis bebe de diversas fontes de referência que encorajaram o autor a tocar num ponto muito sensível e pessoal. A principal delas sendo o filme Moonlight: sob a luz do luar, um drama estadunidense de 2016 dirigido por Barry Jenkins.

Após assistir o filme, um sentimento de acalanto toma conta de mim, um acolhimento avassalador substitui o espaço da solidão. O filme me mostrou uma desconexão entre homen negros e a ‘fragilidade’ que nos torna vulneraveis como indivíduos e comunidade. É pensando que homens negros não podem amar, não podem demonstrar sensibilidade, não podem compartilhar afeto. Temos que ser fortes, duros e insensíveis o tempo todo. Nos fechamos, nos endurecemos, nos proibimos e reprimimos qualquer tipo de afetividade ou fragilidade que possa mostrar que somos sensíveis e, portanto, humanos. Após ouvir a frase no filme “Em certo momento você precisa decidir quem você quer ser! Você não pode deixar ninguém tomar essa decisão por você” decidi sentir tudo que precisava sentir, para enfim me reconhecer em algum lugar e, agora afirmo, meu lugar favorito é onde estou, fazendo o que amo. Apenas demorei para me encontrar.

Obrigado pelo envio!
bottom of page