top of page
Look_ThiagoStrozak_Pose3 (1).png

COLEÇÃO CONSPÍCUO

Look_ThiagoStrozak_Pose3 (1).png
Look_ThiagoStrozak_Pose3 (1).png
  • Behance
  • LinkedIn
  • Instagram

Conspícuo

por Juliana de Azevedo Pereira

A beleza de uma obra é o todo que se forma pelos detalhes. O piso, as cadeiras, as paredes e o teto performam uma época. A história por trás de cada objeto remonta o contexto de uma sociedade de saberes, memória, cultura de ver e ser vista, que constrói-se como espetáculo.

Apreciar cada detalhe é dar vida a uma lembrança. Nesta, escuta-se risadas, vê-se elegância, sente-se fragrâncias. Nota-se o progresso, a tecnologia, a exuberância e o interesse na cultura do entretenimento. Esta é a época do ouro, esta é a Belle Époque.

Conspícuo, como algo que é “claramente visível ou facilmente notado”, apresenta-se aqui nas particularidades da história de uma período, a fim de valorizar o resgate dos valores manuais, juntando o clássico ao moderno.

Com inspiração na Belle Époque, sobretudo amazônica, a coleção foi criada a partir das pesquisas de Iniciação Científica sobre a relevância dos alfaiates, símbolos de sofisticação e primor dentro da moda, durante o final do século XIX.

A coleção conversa com formas e tecidos existentes no universo da alfaiataria, e traz como referência dos ofícios manuais o bordado em pedraria. Conspícuo é a elegância cotidiana, um toque de brilho no seu dia e a beleza construída pelos detalhes.

Obrigado pelo envio!
bottom of page