top of page
Look_ThiagoStrozak_Pose3 (1).png

COLEÇÃO KINTSUGI

Look_ThiagoStrozak_Pose3 (1).png
Look_ThiagoStrozak_Pose3 (1).png
  • Behance
  • LinkedIn
  • Instagram

Kintsugi

por Vilma Lago

A beleza das coisas imperfeitas reside nas experiências carregadas por essas imperfeições.

Na cultura japonesa, cerâmicas quebradas são reconstruídas com liga dourada para serem reutilizadas. Nesse processo, tornam-se mais belas e fortes.

Essa é a filosofia Kintsugi, que também pode ser transferida ao imaterial pensando na reconstrução do ser humano pós impacto.

Rugas, cicatrizes, marcas de uma vida sofrida, de uma vida vivida. A natureza humana planeja um futuro desconhecido, e ao longo do caminho, deparamo-nos com obstáculos quase intransponíveis, mas todos com ensinamentos poderosos.

Aprendendo com cada erro, tornamo-nos seres revigorados. Cada cicatriz é remendada com os pontos da compaixão, e cada fragmento é unido a outro com a liga da bondade e esperança.

Kintsugi fala sobre reconstrução e sabedoria. Sempre haverá coisas novas a se experimentar para aqueles que sabem ver, mesmo na monotonia da realidade que nos circunda, a beleza da simplicidade e a perfeição das coisas imperfeitas.

Obrigado pelo envio!
bottom of page